quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Josy no Pânico


PACTO

Emílio: O Rick Bonadio faz participação na sua música?
Josy: Isso. Nós trabalhamos juntos e produzimos um single. A ideia é produzir singles até que as pessoas se acostumem com o meu som. No Brasil, é muito difícil fazer sucesso com música eletrônica.
Emílio: Ah! Não sabia que sua música era eletrônica.
Josy: No Brasil, o remix é muito comum já a música eletrônica, não.
Amanda: É verdade que você tem um affair com o Rick?
Josy: Tá louca?
Emílio: O Rick Bonadio “queima a rosca”.
Amanda: Sério?
Emílio: Mas não vamos falar mal dele porque é um grande amigo e um ótimo produtor.

CANTORIAS

Josy: Eu já cantei de tudo na minha vida. Já fui cantora de bar, de bossa nova, de MPB.
Emílio: Você já fez muito baile de formatura?
Josy: Fiz. Daqueles que você canta 5 horas direto.
Amanda: Baile de formatura?
Josy: Foi uma grande escola.
Emílio: Eu acho bacana. Estas bandas conseguem fazer cover de qualquer coisa.

FEIRA ERÓTICA

Silveirinha: Eu sei que você foi em uma feira erótica. O que você gostou de ver por lá?
Josy: Eu gostei de um chocolate “naquele” formado que ainda vem com leite condensado.
Amanda: Extremamente constrangedor...

SILICONE

Bola: Você tem algum problema com seus seios? Você colocou silicone, depois tirou.
Josy: Eu passei por uma fase louca. Quando saí do BBB, coloquei. Na verdade, por tamanho, nem precisava. Eu coloquei para ficar com um formato mais arredondado. Fiz na correria, sem as devidas consultas e ficou muito exagerado. Depois que eu fiz a Playboy, resolvi diminuir. Eu queria tirar a prótese, mas o médico me explicou que meu peito ia ficar caído se eu tirasse por completo. Aí fiquei com esta prótese e estou me acostumando.
Bola: Eu já me acostumei.


MÚSICA ELETRÔNICA

Amanda: Você já cantava antes, mas pouca gente sabe disso. A maioria das pessoas acha que você é oportunista ou dão espaço para conhecer seu trabalho?
Josy: Tem um pouco de tudo. Muita gente já conhecia meu trabalho antes do BBB e muita gente pensa que eu aproveitei o BBB para me promover virando cantora. É por isso que eu quero dar um foco na minha carreira. No momento, é com a música que eu quero trabalhar. No programa, não havia espaço para o meu trabalho. Não era o foco do negócio.
Amanda: Mas você acha que o programa abriu ou fechou portas para você?
Josy: Os dois. As portas estão mais abertas, no sentido de “visibilidade”. Eu consegui que o meu trabalho seja visto por mais pessoas. Por outro lado, a responsabilidade e a cobrança são maiores. Amanda: A galera da música eletrônica não fica com preconceito?
Josy: Não. Não tem muito brasileiro que faz música neste seguimento que eu trabalho.


Fonte: Pânico/Vírgula


Bjs




Postado por: Babi

2 comentários:

Dandara disse...

nossa, não acredito q perdi!
aaaaaaaaaff!!
essa hora tava saindo da escola e
indo pro cursinho... =/
e ontem qdo entrei no blog ainda ñ tinha a postagem avisando...

o bom é que tem aqui pra ler! :)

Equipe Josy Oliveira Online disse...

Essa cara da Josy na 2ª foto acho que foi quando ela falou: "Tá louca?!" kkkkkkkkkkkkkkkkkk
certeza!!!

;*

Dindy